Minha meta...

Eu fiz um acordo de coexistência pacífica com o tempo...
Nem ele me persegue nem eu fujo dele...
Um dia a gente se encontra.
Mario Lago

Cozinhado...

domingo, 26 de janeiro de 2014
Gente, o que é isso???

Não estou aguentado esse calor... vivo com a pressão baixa... tá difícil!

Na sexta eu tive que ir à Prefeitura por volta das 9:30h e quase morri andando na rua... estou tão ardida no rosto e ombros...

E meu local de trabalho? Sauna perde. Paredes baixas e telha de eternit... Pode isso???

Bem fazer o que né?

Minha programação está seguindo bem a contento... tem duas semanas que acordo as 6h da manhã... faço exercícios de alongamento e vejo um pouco de tv... a previsão é que a partir da semana que vem e passe a sair para caminhar pela manhã... agora quando for para casa vou investir no meu cronograma de atividades da semana... como tenho que trabalhar e quero participar das reuniões Kardecista  e também fazer atividades com os meninos tenho que me programar... então, vamos ver no que vai dar.

A passos curtos estou resolvendo um problema de cada vez... através de metas... preciso me exercitar e não tenho tempo... então vou fazer as 6h da manhã... estou me treinando para acordar cedo e então fazer o que tem que ser feito...
1ª meta:
Acordar as 6h da manhã durante trinta dias. (faltam duas semanas)

2ª meta:
Criar cronograma de atividades: Início 27/01

É isso, seguindo em frente!

Desistir Jamais!

2013 mau... Que venha 2014!

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Já faz tanto tempo...
É gente, faz tempo mesmo!!!
É que realmente ando sem é tempo!
E também animação... E também força de vontade... E também coragem... 

Tantas coisas aconteceram nesse últimos meses... A RA e AF continuam na mesma lenga-lenga... o único ponto positivo é que não engordei... me mantenho firme nos 97k...

O fim do ano de 2013 foi recheado de acontecimentos complicados... Recapitulando um pouco já contei aqui que tomei posse do meu cargo em 1º de abril... achei que as coisas iam começar a se por nos eixos, principalmente financeiramente... ledo engano! As coisas começaram a se complicar...

1º. Não consegui eliminar o peso extra;
2º. Respondi a uma sindicância;
3º. Meu irmão com problema de coração;
4º. Meu tio com câncer.

É nesse começo tudo ficou pior... Mas, como "sou brasileira" Não desisto nunca! Achei que ficaria louca com tantas coisas ruins... que aí sim eu enfiaria os DOIS pés na jaca!!! Não isso não aconteceu. Graças!!! Tudo bem. Não posso dizer que me mantive firme em meu propósito. Aliás, nesses anos todos que tenho esse blog, não posso dizer isso nenhuma vez. kkk 

Mas tudo bem. Ninguém, além de eu mesma é responsável por isso.

E fomos caminhado... Chegado o fim do ano... O processo chegou ao fim... e tudo ficou esclarecido... meu irmão estava medicado e o problema no fim das contas não era tão grave (GRAÇAS A DEUS)... meu tio passou pelo tratamento dele, e estávamos esperando o resultado dos novos exames... As coisas estavam indo bem... Então, outras duas bombas caem! Minha tia diagnosticada com câncer de mama... e meu irmão indiciado em um processo de roubo...

É, morri!

Achei mesmo que iria morrer... meu mundo estava se desmoronando!!! tudo de ruim resolveu acontecer ao mesmo tempo!  Não ia aguentar!

E então chegou a virada do ano... o grande dia... a passagem... a virada!!! Eu só esperava por ela para ver se as coisas começavam a melhorar... te todas as minhas preocupações, meu peso, minha vontade, minhas necessidades passaram a segundo plano! Só o que eu queria era que o ano virasse e as boas notícias começasse a aparecer... 

Na minha cabeça, eu só pensava... É Deus, eu sei que o senhor não nos dá nada que não possamos aguentar... que nada pelo que passamos não é estritamente necessário para nosso crescimento... Mas, poxa, chega de más notícias!!!

Então, no dia 09/01, meu tio volta para casa! Ele não consegue!

Não tenho problemas em aceitar a morte... Afinal, creio, do fundo do meu coração,  como a mais absoluta verdade (pelo menos para mim) que a morte é só mais uma "viagem"... uma passagem para uma nova etapa da vida... Mas, não posso deixar de pensar... acredito que é porque agora ela se fez mais presente... Veja bem, a três anos atrás, minha avó faleceu... dois anos antes uma outra avó.. mais não é que elas eram menos importante... é só que elas eram velhas! 

E o fato delas serem velhas, me deu aquela sensação de que "tudo bem", é "natural"... Mas meu tio não... irmão caçula da minha mãe... com apenas 52 anos... por uma doença que poderia ter sido contornada... Enfim, dá uma sensação de fim... de que agora é só esperar que daqui a pouco vai mais um... É tão estranho... 

Enfim, as notícias boas??? Ainda estou esperando por elas.

Só agradeço a Deus, por me dar força e coragem para seguir em frente. Caindo... porém levantando sempre!!!


"Se o momento é de crise, não te perturbes, segue...

Serve e ora, esperando que suceda o melhor.
Queixas, gritos e mágoas são golpes em ti mesmo.

Silencia e abençoa, a verdade tem voz."
Chico Xavier